Never Give All The Heart

(for eternity, by agacho, deviantart.com)



Eis um belo poema que me veio à memória esta tarde... Sem saber o que dizer, fazer ou escrever, consumido por uma apatia e uma melancolia indescritíveis, resolvi publicá-lo... Continuo a amar-te como sempre, e tu bem o sabes... Mina rakastan sinua...


"Never give all the heart, for love
Will hardly seem worth thinking of
To passionate women if it seem
Certain, and they never dream
That it fades out from kiss to kiss;
For everything that's lovely is
But a brief, dreamy, kind delight.
O never give the heart outright,
For they, for all smooth lips can say,
Have given their hearts up to the play.
And who could play it well enough
If deaf and dumb and blind with love?
He that made this knows all the cost,
For he gave all his heart and lost."


(Never Give All the Heart, by YEATS [1904])

1 comentário:

Kika disse...

Apesar de dizeres que não leio...eu leio tudo o que escreves! se não comento aqui é porque comento contigo....tu sabes da maneira como me tocas não epanas pela escrita....´fácil de notar.

Obrigado pelo lindo poema; deixa essa melancolia e vem comigo...eu guio-te de volta a onde pertences.

Amo-te tanto