Um Lugar Tranquilo

O ruído contínuo, irritante, da máquina de dardos do "Ti Manel", proprietário deste humilde espaço onde me encontro a tentar escrever algo inutilmente legível, perturba-me hoje mais do que o habitual. Eu só queria um pouco de silêncio para ver se esta dor de cabeça horrível acalmava um pouco...

3 comentários:

Anónimo disse...

As escolhas,mesmo as consideradas erradas,acabam por nos servir de experiencia de vida que é o q nos ajuda a evoluir,se procurarmos o lado benefico da aprendizagem
alice

Anónimo disse...

A dor,um momento tao dificil de suportar,dor de alma,porque a alma doi,tanto nos pode transportar para caminhos espinhosos e azedos como nos pode fazer deslizar por caminhos leves e sedosos,depende de nos nao nos deixarmos azedar pela vida nem pelas suas amarguras,mas ao estes momentos de dor existencial,que tem todo o potencial de engrandecimento da prropria alma
alice

Telma Azevedo disse...

a dor é algo insustentavél as vezes...maléfica, mas mais do que isso, é ao que nos referimos... ao que pensamos a cerca dela... é uma dor inesperada, por vezes, sombria... mas á sempre maneiras de a debater....