My Weakness

Há uns anos, durante sete ou oito noites consecutivas, tive o mesmo sonho. Um sítio onde eu estive um dia era a ultima recordação antes de iniciar uma queda vertiginosa por um túnel escuro. Ao fundo havia uma luz amarela... Mas a queda parecia interminável. Aí ouvia um grito de uma voz desconhecida, quase em surdina, e acordava... Acordava completamente desorientado, com o coração a mil, uma sensação indescritivelmente má.
Durante todos estes anos lembrei-me desse sonho umas quantas vezes, sempre em períodos de grande depressão e turbulência psíquica... Ultimamente, não consigo pensar noutra coisa. Desde a primeira vez que o tive que tenho a certeza do seu significado. A morte... Muitos achar-me-ão louco. Mas não importa, é para isso que os blogs servem também. Desde essa primeira vez, a morte passou a ser um assunto que me fascina até um determinado ponto. Não a temo, muito pelo contrário. Penso tantas vezes nela, no quanto eu gostava de adormecer e nunca mais acordar.
Será que somos apenas shadows and dust? ...

1 comentário:

Caroline disse...

os sonhos sempre tiveram um grande poder sobre mim, mas ainda bem que nenhum ainda me significou morte.. sei lá, não tenho medo de morrer é mesmo o medo de saber que a minha existencia vai acabar e "eu" nunca mais serei eu novamente.