Moment Of... Eternity

(swim in the hell, by smth fresh, deviantart.com)



"Renasce das cinzas, como a Fénix...!"... É isto que ouço e leio quase todos os dias, dito ou escrito por amigos, companheiros de escrita ou simplesmente por quem partilha ou compreende uma, ou mais, formas da tal dor (inevitavelmente fatal) que consome esta mente e este corpo cada vez mais frágeis...
É meu dever agradecer a todos vocês a preocupação/esperança em mim depositada... Ainda que não possa, de todo, partilhar dessa vossa utopia, por mais que desejasse fazê-lo.
Nos tais sonhos que um dia tive (já referidos em posts anteriores), nada mais existe depois do fim... E se eu não sou ninguém para ver além do que a minha vista alcança, paralelamente, ninguém me poderá garantir que aquilo que eu vi, durante aquelas noites, é algo mais que não o prenúncio de um desfecho inevitável...

Fica ainda a promessa de regressar em força, na ínfima possibilidade de a razão estar do vosso e não do meu lado, sendo eu mesmo capaz de renascer... das cinzas...

3 comentários:

Joana Lima disse...

Disse e repito: "Renasce das cinzas, como a Fénix...!". Eu própria tenho um constante renascer. E tu perguntas, é possivel? É. É bom? Provavelmente não, porque não é duradouro, é - diria até - cansativo. Mas a sobrevivência passa por isso mesmo e descobri que no meio disso até se encontram umas quantas coisas agradáveis. É uma questão de ver a Vida doutra forma. Não sou a melhor pessoa para te dizer isso, neste momento, porque - a passar novamente por uma má fase - provavelmente irei reler as minhas próprias palavras para ver se me convenço também.
Um beijo

Anónimo disse...

Faço minhas as palavras da Joana,e apsar de neste momento não saber bem ao certo em que fase estou,posso perfeitamente acrescentar que de cada vez que se renasce trazemos conosco o aprendizado do que no matou,nuncase renasce em branco,mas sempre com um acumular de vidas,ate podiamos fazer uma rave e renascer os 3,pra variar,sempre nos mudavamos as fraldas uns aos outros
jokas
boa pascoa(na é que eu comemore,mas se for boa já nao é mau)
Soul os Storms

gabrielle disse...

Why are you so enamoured by all these morbid images?!